segunda-feira, 2 de julho de 2012

Karmacapitalismo, sabes o que é?





O Karmacapitalismo define uma mudança de mentalidade – ou de identidade – nos indivíduos, à medida que estes fazem a transição de consumidores para cidadãos, reconhecendo que cada acto de consumo tem um custo e uma consequência para além da transação em si e que cada transação é um “voto” a favor da entidade que fornece o bem ou serviço.
Para se manterem competitivas, as empresas terão de incluir a “bondade” na sua cultura empresarial e a simples contribuição monetária para causas sociais/ambientais ou qualquer outro gesto simbólico não serão suficientes.
Os cidadãos estão atentos e querem mais, muito mais.
Gosto disto!

10 comentários:

  1. Já há alguns anos que eu faço isso. Ou seja, como consumidora, entendo que tenho um papel activo para um mundo melhor. Nem sempre é possível, porque o dinheiro não é muito, mas se cada um fizer um bocadinho, será um grande passo para as empresas optarem por escolhas mais sustentáveis, humanitárias e isentas de crueldade.

    Gostou imenso do post.

    Beijo

    ResponderEliminar
  2. Muito bem. Concordo contigo
    Andamos tao consumidos pelas desgraças que simplesmente deixamos passar ao lado gestos tao simples que irao beneficiar alguem
    õbrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gestos bem simples de facto; basta estar mais atento.

      Eliminar
  3. Pá, contigo ainda se aprendem coisas giras

    ResponderEliminar