quinta-feira, 2 de agosto de 2012

A Mel


Ao fim de dois anos a adiar, e depois de uma gravidez psicológica e varios achaques hormonais lá me decidi a operar a bichinha.
Dá dó só de olhar!
Quietinha, deitadinha, só os olhos nos seguem e de quando em vez a ponta do rabinho abana.
Diz que é para o bem dela; mas eu não estou muito segura disso...
Para já parece-me apenas que lhe fiz uma grande maldade e tenho o coração aos bocadinhos...

33 comentários:

  1. Aw abracinho, custa mas às vezes é mesmo pelo melhor :) *

    ResponderEliminar
  2. Coitadinha, vais ver que é mesmo para o bem dela. Um beijinho de bom dia!

    ResponderEliminar
  3. A gente fica assim mesmo, mas esteja certa que vc fez o melhor e que, mais hora menos hora, iria ter que fazer. Tenho 6 gatos, todos castrados (gatos castrados são ótimos, gatos sem castrar são um terror) e 2 cães. A cachorrinha eu peguei em uma estrada, ia mandar castrar, mas descobri que é velhinha e já castrada.
    xoxo

    Gosto disto!

    ResponderEliminar
  4. Ai custa tanto... As melhoras rápidas da MEL!!!

    ResponderEliminar
  5. Fizeste o melhor para ela e certamente que te informaste.
    Isso é o lado emocional a funcionar.

    ResponderEliminar
  6. Ela vai ficar bem :D beijo

    ResponderEliminar
  7. A minha gata, a Mimi, ainda não foi operada, mas vai ser. Já tive outra gata a quem tive de fazer pois tinha uma espécie de tumor no útero de tomar a pílula. Mas custou-me imenso vê-la combalida, apesar de saber que era a única solução possível!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A castração é justamente a melhor forma de não desenvolverem tumores; pensando em tudo isso é que o fiz.

      Eliminar
  8. Não te preocupes Dorothy. É um acto de amor e não de crueldade. Eles sofrem mais se passaram a vida inteira sem conseguirem satisfazer as necessidades na sua plenitude, para além de que a esterilização evita muitos problemas de saúde. Fica confiante de que fizeste o que está certo porque realmente fizeste o que está certo :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Wendy, mas olhando para aqueles olhinhos fica dificil não sentir culpa...

      Eliminar
  9. A minha gata foi adoptada pela minha família o ano passado. Fomos buscá-la a um canil e já vinha esterilizada.

    ResponderEliminar
  10. Ai como eu sei o que tu sentes, e ficamos cá com um peso na consciência :S, mas é mesmo para o bem dela, em menos de nada ela volta ao que era.
    Bjs

    ResponderEliminar
  11. Como eu te compreendo... nunca consegui fazer isso aos meus, por mais que me dissessem que devia e era para o bem deles... mas eu nunca consegui. E olha que tive um cão que bem que precisava..
    http://fashionfauxpas-mintjulep.blogspot.com

    ResponderEliminar
  12. Quando nos falam da operação, parece que é uma coisa sem importância nenhuma... mas, a verdade é que é super invasiva... Mas eles recuperam rapidinho! Dois dias depois já estão aos pinotes! Vais ver! Beijos grandes para as duas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Palmieri. Beijinhos e boas férias para todos!

      Eliminar
  13. Tens de ser confiante no que fizeste. Compreendo perfeitamente o que estás a sentir pois quando o fiz à minha foi como ir operar uma filha :\ estive o dia todo que nem comi.
    Mas para eles é realmente o melhor e evita mesmo outros tantos problemas.

    ResponderEliminar
  14. Foi para o bem dela. Vais ver que daqui a nada está fina e fresca =D

    ResponderEliminar
  15. Nem me digas nada... A minha Sissi também vai ser operada para a semana. Ando com o coração tão apertado. :( Vai contando como corre a recuperação. Boa sorte aí para a Mel!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já tens uma foto dela de hoje!
      No primeiro dia até o coração se nos corta às postas de os ver assim, mas com descanso e carinho, lá vão recuperando.

      Eliminar
  16. como nos humanos, com os animais a receita é a mesma: 10% de remédios e 90% de mimos e carinho... e com calma tudo se cura

    ResponderEliminar