terça-feira, 4 de junho de 2013

E por este ano ficamo-nos por aqui!

Há uns posts atrás disse-vos que este ano a nossa vida não passava pela Arábia Saudita mas não vos disse por onde iria passar; a nossa vida este ano será entre a Holanda e Portugal.
Quando lá estivemos há algum tempo atrás, já o sabíamos e demos inicio à procura da que vai ser a nossa casa por, pelo menos, um ano.
Não é fácil...escolher o sitio (Leiden, Den Hagg, Voorburg, Delft...) escolher o tipo de casa que queremos...ou optamos por um apartamento igual a todos os apartamentos em qualquer lado do mundo mas que nos é entregue pronto e mobilado, ou cumprimos o sonho holandês, uma casa estreitinha e alta, encostada a outras casas estreitinhas e altas, de fachada torta e grandes janelas, mas que tem tudo por fazer (na Holanda as casas são entregues no osso - sem soalho, paredes, electricidade, nada)...
Claro que, optámos pela segunda!
E agora vai ser uma trabalheira!   

15 comentários:

  1. O meu irmão vive na Holanda, escusado srá dizer que adora o pais.
    Já o ouvi falar de Den Hagg.
    Boa estadia.

    ResponderEliminar
  2. Sempre é LIGEIRAMENTE mais perto! Então e depois o que é que uma pessoa faz ao soalho quando vem embora? Arranca e traz como souvenir?...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :D ia perguntar exactamente a mesma coisa :DDDDD

      Eliminar
    2. Sei lá!
      Mas que nunca fica, nunca!
      :DD

      Eliminar
  3. A vossa vida é fantástica! :D
    Mas vocês trabalham em quê?!

    ResponderEliminar
  4. Claro que eu teria optado pela primeira, bem no centro de Roterdão, de preferencia ao lado do escritório. Há sempre hotéis quando queremos passar um fim‑de‑semana em Amsterdão.
    Boa sorte com a decoração!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Náááááááá...Roterdão é que não.
      Eu é mais Leiden :)
      Obrigada PMP!

      Eliminar
  5. Oh Sexinho, bem que podias ir fazendo um apanhado com fotos aqui no blog de como vocÊs estão a fazer a coisa, a ver se a malta se inspira e aprende algo de novo, a sério.

    ResponderEliminar
  6. Gosto da Holanda. Pode ir-se ao mercado e comprar peixe fresco, coisa que na Alemanha não gostam muito. Isso das casas em bruto é assim mesmo. Canos por fora das paredes, janelas enormes onde nem sempre usam cortinas (eheheheh) carne muito boa.... Arenque... Ainda te vais habituar a gostar... Flores everywhere, tudo á mão por todo o lado, ciclovias, e claro está, bejeca cinco estrelas. De vez em quando vou lá matar saudades. Tenho família em Amstelveen e o meu irmão esteve 3 anos numa base da Nato ao lado de Sittard que tinha o tal mercado de frescos..... Den Hague, Scheveningen, Maastricht...uma horita... Mais uma horinha e tens o Efteling...vale a pena.

    ResponderEliminar
  7. Tens uma grande empreitada pela frente, mas ao menos fica tudo ao teu/ vosso gosto! Parece-me que há coisas em comum com a Alemanha, porque em relação a casas alugadas, aqui, embora haja soalho, as cozinhas quase nunca existem. Cada um que compre os móveis e electrodomésticos e que se desenrasque. No fim do aluguer, leva-se tudo para a casa nova. Outras culturas, outros costumes!

    Bjs

    ResponderEliminar
  8. Eu teria feito a mesma escolha.. acho que dá um sensação completamente diferente no fim.. e não é só cansaço :p

    ResponderEliminar
  9. Casa típica holandesa???
    Gosto disso!!!
    Quero fotos!!

    ResponderEliminar
  10. Deve ser um projecto super enriquecedor!No fim da trabalheira vai saber ainda melhor!:)
    Boa sorte e tens mesmo de ir mostrando a obra de arte!

    ResponderEliminar