sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Em Chinatown

Hoje estive em chinatown; dizem que é lá que se encontram as melhores massagens.
De facto, andando rua abaixo, tudo o que se encontra, à excepção de um restaurante ou outro, são mesmo só salões de pedicure e massagem; o preço anunciado à porta é praticamente o mesmo em todo o lado, o aspecto (que chinesice meu Deus) não difere também de uns para os outros, e como tal a quem vai sem referências resta-lhe fazer como nos restaurantes; aquele que estiver mais cheio é onde eu entro porque deve de ser o melhor (para os restaurantes, quando na estrada, escolho aquele em que há mais camionistas estacionados).
E assim fiz!
Lá entrei no que tinha mais gente com os pés de molho (têm umas cadeiras de pedicure muito high tech; com luzinhas, repuxos e o diabo a quatro) e disse à chinesa ao que ia; massage, een uur (massagem; uma hora).
Sim senhora, que me sentasse e esperasse um bocadinho que era já a seguir.
Enquanto esperava, observava o movimento; senhoras, europeias e chinesas entravam e saiam dos gabinetes com ar de quem vinha nas nuvens.
Ui, isto deve de ser mesmo bom!
Chegou a minha vez e lá me conduziram a um gabinete.
Que me despisse e pusesse confortavel que já alguém vinha ter comigo.
Opá! É para já!
Despidinha, deitadita na marquesa, com os olhos pregados na porta esperava a chegada da massagista; na porta, um papel colado dizia qualquer coisa em holandês que, naturalmente não percebi, à excepção da ultima palavra,"Sex!
Ó caraças!
Foi quando me lembrei que estava na Holanda, o país do sexo livre e das massagens com happy end!
E nesse momento, entrou O MASSAGISTA!
(o que dizia no cartaz afinal era "Aqui você só pode encontrar massagem sem sexo" Ufa!)

11 comentários:

  1. looool, Sexinho you rule!!! looool, looool, loool e se fosse com sexo, o que fazias??? loool abalavas a fugir nuinha pela Holanda fora:))) loool, beijinho e bom fim de semana!!!

    ResponderEliminar
  2. Ahahahahahahahahahahahahahahhahahahahahahahahah
    Tens de arranjar um tradutor! ASAP! :DDD

    ResponderEliminar
  3. Ai, o que eu ri agora!! Adivinha-se uma estadia muito animada :)

    ResponderEliminar
  4. Gostei da comparação com os restaurantes, sou igual em restaurante vasio (que não conheça) não entro.

    ResponderEliminar
  5. O que eu me ri agora, e o meu marido perguntou porque estava a rir, e eu li-lhe o teu post...fartou-se de rir!
    Muito bom!

    ResponderEliminar
  6. Ahahahahahahahahahahah!!!
    Livraste-te de boa!! :)

    ResponderEliminar
  7. ahahah Mas que coisa atrevidota... safaste-te de boa.

    ResponderEliminar
  8. Ahahahahahahahah...As saudades que eu já tinha de chorar a rir contigo!!!! Ahahahahahah...és demais! (o nosso critério de escolha de restaurante passa por aí também:)

    jinhosssssss minha princesa das tulipas:)

    ResponderEliminar
  9. Olha lá se a tradução fosse outra ?!

    ResponderEliminar
  10. Ahahahahahhah, o que eu me ri agora xD ao menos ele era giro? :p

    ResponderEliminar