sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Obrigada Rititi!


Já acompanhava o blogue e quando saiu o livro (não fui ao lançamento porque para não variar, não estava em Portugal) comprei-o, e li-o de fio a pavio!
De longe um dos meus textos favoritos foi este "Ter um caso com o Lopes. Porque não?".
Agora que a Rititi o partilhou no seu blogue, pedi-lhe autorização para o trazer para aqui.
É delicioso este texto tanto no seu humor, como no desmontar de uma hipotética situação que alguma vez na vida nos pode ter atravessado a moleirinha.
Aqui fica para vossa diversão e para alerta também, não vá estar alguém desse lado à beirinha de confundir a obra prima do mestre com a prima do mestre-de-obras, e meter os pés p´las mãos.
Obrigada Rititi!

UM CASO COM O LOPES. PORQUE NÃO?

“Colega novo no escritório. O Lopes, quarenta e tal anos, aliança no dedo, simpático. Tomas uns quantos cafés com ele, partilhas confidências familiares e uma boleia depois de um dia de intenso trabalho. No jantar de Natal da empresa sentas-te ao lado dele. Tens boa onda com ele, o gajo entretém. Manda bocas giras sobre a tua figura, diz-te que estás mais magra, aproxima-se muito quando fala contigo, faz uns avanços sem chegar a ser ordinário, e não é feio de todo, verdade seja dita. E um dia dás por ti a pensar “E se…?”. Momento fatídico, o debacle, o horror! És uma vaca, uma depravada, como podes pensar em ter sexo com outro? Metes a cabeça na sanita por te sentires culpada por encornares mentalmente o teu homem, os teus filhos, o teu projecto de vida! Arrependes-te, insultas-te, achas-te doida varrida, maluca dos cornos! Sim, sentes-te realmente mal, mas quando passa a tempestade voltas ao pensamento, a essa ideia de ter um caso com o Lopes. Porque não?"

4 comentários:

  1. ahahahah! Muito bom! :)
    Gostei e vou passar a seguir este blog também! Obrigada pela dica. ;)

    ResponderEliminar
  2. Sim, porque não ? :):):):):):) ... ainda bem que não conheço nenhum Lopes, sei lá bem que ideias malucas não me passariam pela vista... :D:D:D

    ResponderEliminar
  3. Gostei muito do texto, não sou leitora do blog mas vou passar a ir lá mais vezes.

    ResponderEliminar