terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Bom Ano Novo pessoooooooooas boas!

Confesso que esta animação do final do ano, foi coisa que nunca me entusiasmou…em anos menos bons vinha o desejo de mudar rapidamente o calendário mas não posso dizer que fosse assim uma coisa em que depositatasse grande esperança…
Claro que me junto à festa e estou animada como todos os outros mas festejo sobretudo o facto de estarmos juntos e de saúde; juntos por vontade própria como queremos estar o resto do ano, todos os anos, não porque muda o calendário.
Revejo o ano que passou em jeito de conversa mas não tenho por hábito fazer planos para o ano seguinte; aprendi há muito tempo que a vida é dinâmica e vai acontecendo enquanto nós acordamos e adormecemos todos os dias, e não há nada que possamos fazer para o contrariar.
Aproveitar as oportunidades que a vida nos oferece é o melhor que podemos fazer (e é disto que eu gosto - go with the flow).
No final do ano, cerro os dentes e espero o melhor (tal como faço todos os dias ao acordar), e agradeço tantas bençãos (como faço todos os dias, antes de adormecer).
Do ano que agora finda tenho muita coisa a agradecer, muita, muita, e apenas uma a lamentar…e até essa…quase que a agradeço.
O meu pai morreu e eu oiço ainda a voz dele a perguntar-me com um sorriso "E o que é o alívio senão uma alegria?".
E é por sabê-lo finalmente aliviado de um corpo velho, que lhe pesava, que não me enfureço, não me entristeço, apesar das saudades…
Oiço-o também nas últimas coisas que me disse "Estimem-se e confiem" e é a estas que me agarro para entrar o Ano Novo serenamente.
Das dele faço minhas palavras e digo-vos a todos que aqui vêm, estimem-se uns aos outros e confiem; confiem que a solução está mesmo ali ao virar da esquina, confiem que o Amor prevalece, confiem nos vossos filhos (pois se foram vocês quem os ensinou como poderão eles fazer más escolhas?), confiem nos vossos maridos, mulheres, companheiros/as, namorados/as, confiem no vizinho, no colega, confiem na bondade (ela anda aí), e nunca, nunca se esqueçam de confiar primeiro em vocês mesmo; abram o coração, façam um voto de confiança e estimem-se.
Deêm valor e deêm- Se valor!
Que o Ano Novo seja bom para todos nós!
Feliz Ano Novo!!!

21 comentários:

  1. <3
    (nem imaginas o tempo que estive a olhar para o teclado a tentar perceber como é que se fazia um coração... )
    O melhor de 2014 para ti, minha Sexinho!

    ResponderEliminar
  2. Tudo de bom para este novo ano:)Manela

    ResponderEliminar
  3. Um ano de 2014 com saúde, com tudo de bom e abundante felicidade.

    ResponderEliminar
  4. Que tenhas um excelente 2014!!!!

    ResponderEliminar
  5. Tudo de bom,muitos beijinhos.

    ResponderEliminar
  6. Happy new year. Eu cá confio, confio que ainda muita porcaria há-de vir para um povo que perdeu a força e já não se levanta. Onde é que andam os portugueses de ABril, que agora precisamos mesmo deles. Ah espera, somos todos nós... ;)
    http://fashionfauxpas-mintjulep.blogspot.com

    ResponderEliminar
  7. Comecei a Ano a confiar, e espero e desejo que seja um bom augúrio. Não só para mim, mas para todos nós, que precisamos tanto mas tanto de confiar....
    Feliz Ano Novo!!!

    ResponderEliminar
  8. Um grande beijinho Pedrinha. Que o ano novo lhe traga muitas alegrias.

    ResponderEliminar
  9. Gostei tanto deste texto! :) Um grande beijinho e que 2014, dia-a-dia, te traga muitos momentos de felicidade.

    ResponderEliminar
  10. Uma mensagem muito bonita :) obrigada! Feliz 2014! :D

    ResponderEliminar
  11. Que texto lindo, Sexinha! És uma querida.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Que palavras lindas... Feliz 2014 Sexinho!!

    ResponderEliminar