sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

E tudo o vento quase levava!

Tenho um silvo tão grande, tão grande enfiado na cabeça, que tenho dificuldade em ouvir os meus próprios pensamentos!
O vendaval que se levantou ontem ao final do dia intensificou-se durante a noite e assim se manteve até de manhã.
Não houve isolamento ou vidros que nos salvassem do barulho no 23º piso do hotel.
Toda a noite o vento uivou e uivou, e sentíamos as rajadas bater com estrondo nos vidros (tão fortes que uma das janelas se abriu).
Coisa de dar medo mesmo (fora de brincadeira, cheguei a temer que um dos vidros estilhaçasse e viesse parar em cima de nós), de modo que dormi, ainda mais, atracada ao meu homem.

Aaaaaah Paris, sempre a promover o romance e a paixão!

11 comentários:

  1. Ahaha! E mandaste o vendaval para cá, que isto hoje só dá para sair à rua com pedras nos bolsos.

    ResponderEliminar
  2. Poooissss...por aqui já me levou muitas telhas...só tenho pena de não ser vizinha da Assembleia da República...tanta gentinha a precisar de uma telha na testa!!!!!

    É mesmo isso:) eu também estou cada vez mais apaixonada...acho que vou comprar algemas... pelo menos presa à cama sei que fico...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahahahahahah
      Olha não me tinha lembrado de algemas mas pode ser uma solução :)

      Eliminar
  3. Oiça cá, mas a menina não lhe aprece que são horas de voltar ao seu país? Também temos cá vento, não seja por isso. É que ando aqui com uma dor nas articulações do braço, assim a meio, não sei se me entende, que me estão a consumir.

    ResponderEliminar
  4. Respostas
    1. Ri-te, ri-te mas eu estava mesmo com cagunfas.
      :DD

      Eliminar
  5. A menina está no Hyatt Regency Paris Étoile?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eo quarto, diz lá qual é o quarto!
      :DD

      Eliminar
    2. A bola de cristal partiu-se :)

      Eliminar