quinta-feira, 25 de setembro de 2014

É o que há e é para quem quiser!

Aparentemente alguém carregou no botão dos meus dias e acionou a velocidade warp!
Saio cedo, chego de noite, a arrastar-me e a casa, já para não falar dos meus homens, começa a ressentir-se desta "falta de atenção". 
Ontem de manhã, enquanto enchia a gamela dos gatos,  reparei que aquela era a última porção de ração na embalagem e por isso havia que comprar mais; o dia foi correndo e eu nunca mais me lembrei.
Já noite cerrada, quando regressava a casa, voltei a lembrar-me. Todos os super, mini, hiper mercados estavam fechados e tudo o que me ocorreu foi passar pelo hospital veterinário, perto de minha casa, que está aberto 24 sobre 24 horas e comprar lá a ração. Só tinham a especial Urinary Treat. 
Hoje de manhã, quando saí, três gatos olhavam com ar agoniado para a gamela e para mim. Pareciam querer dizer: 
- Pff! Que nojo! Comida de hospital!

18 comentários:

  1. Quando acontece, o meu Guedes amua e até lhe dar a ração normal, fica de costas para o mundo, a olhar para a parede...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pipinha, meu querubim de longos e fofos caracóis, que prazer tão grande voltar a ter-te cá em casa! Tu não me digas que estes ingratos felpudos me vão obrigar a mim a comer a ração com batatas! Hão-de come-la todinha até ao fim que aquilo foi caro para carambas!

      Eliminar
    2. Felizmente a rafeira rapa tudo, senão lá tinha de ir tudo fora, aquele gajo não presta!
      :)

      Eliminar
  2. Ah ah ah, só me lembro do bla bla bla Wiskas saquetas. No entanto surgiu-me uma ideia de negócio :D

    ResponderEliminar
  3. Mau, mau foi o olhar que a família me deitou ontem à hora de jantar....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então? Deste-lhes ração de gato?
      :DD

      Eliminar
    2. Quase :D. A duas semanas que não ia às compras.

      Eliminar
  4. Ihihih. Aplica-se o título do post :)

    ResponderEliminar
  5. Deixa-os um dia sem comida...vais ver como entretanto passado isso já lhes parece um manjar dos deuses:))))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hum... Gato não é como o cão; quando marram com uma coisa...

      Eliminar
  6. Ratos, minha amiga, sempre foram o natural alimento dos felinos. De preferência vivos, para que o processo fique inteiramente de acordo com a matriz. Mas como há quem prefira perverter os sistemas, arrisca-se às consequências... Trate mazé de povoar a casa com roedores e vai ver como os tarecos ficarão felizes e até irão dar pulos de contentes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ó meu caro Bartolomeu, nunca tal me tinha ocorrido!
      Vou já tratar disso!
      Pipiiiiiiinha, emprestas-me uns quantos congelados que eu quando comprar a minha própria rataria logo tos devolvo?
      'Tagradecida!
      :D

      Eliminar
  7. os meus gatos quando não gostam da comida fazem um ar de mártir e não comem. Claro que eu, coração de manteiga, tenho pena deles e trato de arranjar outra que satisfaça o paladar apurado de Suas Altezas Felinas.Mas, são estas coisas e outras semelhantes, que fazem com que eu goste de gatos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi o que eu fiz…na verdade, desta vez nem fui eu. Foi o MQT que disse que os gatinhos estavam tristes e isso não podia ser…
      Para o que eu estava guardada…
      :DDD

      Eliminar
  8. Esquisitos, hein? eheh Muito bom.

    ResponderEliminar