sexta-feira, 26 de outubro de 2018

Apelo à população!

Não sei o que fazer...

Eu explico; a pessoa (eu) tem uma conta de instacoiso já vai para uns anitos que criou com muito amor e carinho e onde deposita com regularidade imagens que achou bonitas, sitios por onde passou, quotes (tanto as que a inspiraram como as que a levaram às lágrimas de tanto rir) e vá, também algumas (muitas) selfies (hes) para massajar o próprio ego e porque achou que até nem ficou muito mal na coisa.

Ao longo destes anos a coisa por ali foi andando, com likes d´amigos, e eu a laikar amigos também mas... de há uns tempos a esta parte foi-se-me chegando gente nova, cada vez mais gente e eu pus-me a ver as páginas deles também; e outras!
E confesso que fiquei com vergonha de ter a página tão desarrumada.

Agora vejo-me num imbróglio!
E é por isso que apelo a vós gentes do bem.

Sinto-me na obrigação necessidade de receber bem esta gente, porque afinal de contas aquilo é também a minha casa, verdade?
E para o fazer acho que lhes devo oferecer mais; e melhor...
Mas o que lá está sou eu...

E eu ando sempre sem maquilhagem... e sem grande arranjo... e a maior parte das vezes as selfies (hes) não me saem bem... tenho o braço curto acho eu e fico com cara de bolacha e olhos vesgos...
Já comprei um selfie(sh) stick mas para além de ter vergonha de usar aquilo na rua tenho também algumas dificuldades técnicas... a saber:

- Como não vou para nova preciso dos óculos para ver o que estou a fazer e assim que os tiro (para ficar bem na imagem) fico cega que nem uma toupeira e não sei se estou a fazer boa cara ou não; chego mesmo a tirar fotos só aos senhores que vêm atrás de mim... mas não a mim... corto a minha própria cabeça... desfoco porque me treme o bracinho e estou sempre a ver se vem alguém (morro de vergonha)

- Tenho um problema de coordenação entre o gatilho da coisa e os meus olhos; devo ser a única pessoa que tira fotos a si mesma e consegue ficar de olhos fechados...

- Escolho o filtro no snapchat (diz que alguns filtros fazem ali uma coisa que alisa a pele e fica a pessoa tipo rabinho de bebé) mas nunca acerto com o que quero e acabo com uma argola no nariz ou com uma corôa de flores no cabelo (quando não acontece pior e fico com orelhas de qualquer coisa); afinal qual é o filtro certo para aquilo?!

Para além das dificuldades técnicas temos as outras comportamentais; para além da já referida ausência de maquilhagem (eu sei que há filtros que maquilham também mas só encontro uns que me põem sardas e os olhos verdes...) temos os problema dos autefites ...

Todos os que por aqui andam há muito estão fartos de saber que eu me visto com a primeira roupa que me ataca de manhã quando abro o roupeiro e isto não dá para se ficar assim em bom.
Não tem nada que saber; no Verão túnicas, calções e xanatas e no Inverno jeans, botas e blusões.

Ora assim não chego lá!
Vai que já tentei umas quantas vezes copiar as influencers e vai de me maquilhar, calço o belo do sapatólio, faço assim uns conjuntos (agora parece que se diz "combinados") ponho uns colares e uns chapéus e lá vou eu pespegatar-me na primeira parede em ruínas ou grafitada com ar delambido ou se tiver tempo numa esplanada toda hipster e tal... mas carai!
Sinto-me mascarada!
Isto não me sai natural!

E agora?!
Quem me ajuda?
O que faço?
Já vos aconteceu (as influencers perguntam muito isto)?

RESPONDAAAAAM!
Há toda uma vida no instagrã que espera por mim!




6 comentários:

  1. serei a pessoa menos instagramável que conheço /realmente, há um demónio qualquer na maquinaria que me rouba a estonteante beleza/, por isso, nada tenho de útil para te dizer. mas que fique claro que me ri que nem uma perdida com teu post (melhor, só tu partilhando 2 ou 3 dessas fronhas de que falas :b

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai a menina não só não veio em meu socorro como ainda se ri muito das misérias duma pessoa!
      Olha que me lembrei de partilhar alguns desses horrores para perceberem a dimensão do meu desespero mas depois... tive vergonha e não o fiz...
      mas já percebi que disso é que a Flor gostava!
      Sangue! Tu queres é sangue!

      :D :D : D

      Eliminar
  2. Ai meu Deus... logo o raio da minha Nemesis...o malfadado selfie- stick...
    Eu desisti. Só me saía melhorzinho se usasse o temporizador do telélé. Decidi abimbalhar e pendurar-me na primeira simpatia que me calhe no goto para me selfar. Os filtros são bons para paisagens, palhaçadas e coisas com cores, tipo carros eléctricos Bus hop and off, estádios de futebol...
    Sinceramente, desde quando é que a menina precisa de artificiliasmos ? Filtros rabo de bébé ? Oh pah... um belo buço camiliano é 5 estrelas. :DDDD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah bom!
      Estava estranhando você!
      Onde é que andava a minha bússola, o meu farol, que não vinha em meu socorro!
      Opah eu gostava... é que d’alguns ângulos já se começam a notar as bochechas de buldogue...
      De quando em vez também peço à simpatia mais próxima para me clicar no gatilho (salvo seja!) mas não me tem corrido bem... são quase piores do que eu... ou tiram de baixo para cima e eu pareço eu um pernilongo de cabeça d’alfinete ou tiram de cima para baixo e neste caso pareço um cabeçudo de Trás os Montes!!!
      Também me acontece muito esquecer de tirar os óculos e ficar com eles ao pendurão no pescoço, o que me estraga logo o cenário, e ninguém me avisa de que os tenho ali...
      sabes lá... esta vida de instagrã é assaz difícil!
      (Tu não me chames tua Nemesis qu’eu apago-me já aqui!)
      Muitos beijinhos Dulcíssima! ❤️❤️❤️

      Eliminar
  3. Não uso o meu Instagram, a única foto que tem deve ser a de perfil. Não tenho selfie-stick e consigo a proeza de tirar péssimas fotos com o telefone. Não posso ajudar...

    ResponderEliminar
  4. Mas ó Sexinho, trate lá de por ordem nessas ideias! Quem dera a essas influencers terem a sua figura esbelta- vá, linda- porque por muito que se aperaltem em cenários que quase parecem autênticas coreografias, nunca em tempo algum chegarão aos seus calcanhares. Pergunte à sua Maezinha, e vai ver como ela lhe diz que tenho razão... Olhe, já fazia mesmo falta aqui na blogosfera! Beijinho grande.

    ResponderEliminar